quinta-feira, 12 de julho de 2012

Postagem Especial - Rock e Literatura

Esta postagem estará em todos os meus blogs, devido a importância que possui tanto em termos culturais e artísticos quanto em termos sociais.
Dia 13 de julho, como alguns devem saber, comemora-se o Dia Mundial do Rock, uma das datas mais fodásticas. Motivos? Veja o que nos diz a boa e querida Wikipédia:


Em 13 de julho de 1985Bob Geldof organizou o Live Aid, um show simultâneo em Londres, na Inglaterra e na Filadélfia, nos Estados Unidos. O objetivo principal era o fim da fome na Etiópia e contou com a presença de artistas como The WhoStatus QuoLed ZeppelinDire StraitsMadonnaQueenJoan BaezDavid BowieBB KingMick JaggerStingScorpionsU2Paul McCartneyPhil Collins (que tocou nos dois lugares), Eric Clapton e Black Sabbath.
Foi transmitido ao vivo pela BBC para diversos países e abriu os olhos do mundo para a miséria no continente africano. 20 anos depois, em 2005, Bob Geldof organizou o Live 8 como uma nova edição, com estrutura maior e shows em mais países com o objetivo de pressionar os líderes do G8 para perdoar a dívida externa dos países mais pobres erradicar a miséria do mundo.
No Live 8 o Grupo de Rock Britânico Pink Floyd tocou junto, depois de 20 anos de separação.
Desde então, o dia 13 de julho passou a ser conhecido como Dia Mundial do Rock.


Traduzindo: só teve fera! E foi por uma boa causa, e não para promover a baixaria, a sem-vergonhice, como ocorre em muitos eventos por aí afora. Bacana, não?

E eu, como um roqueiro em estado experimental, não poderia de deixar de postar alguma coisa sobre esta data tão especial e que nos orgulha (a nós, roqueiros, independente de qual estilo ou vertente). Como não quero (e nem ouso) contar a longa e consagrada história do rock.

Então, olhando minha longa lista de músicas e bandas aqui, resolvi mencionar algumas que são bem interessantes e me inspiraram a escrever, seja um poema, seja um conto ou um livro maior. É apenas uma pequena dose, se comparada a infinidade de variedades que temos por aí.

Atualmente escrevo um romance que possui fortes elementos dos contos de fadas (favor, consultar postagens sobre o assunto), sendo sombrio e violento, com toques sensuais e lendários. Adotei os sons do Gothic Metal, Progressive, Black, Power e Symphonic. Exemplos: Within Temptation, Evanescense, Visions of Atlantis, Nightwish, Hydria, Myrath, Powerwolf, Almah, Angel Dust, Moonspell.

Recentemente, contudo, estava ouvindo U2, Scorpions, Bob Dylan e Duran Duran para um livro de aventura (nada a ver, eu sei, mas era o que me ajudava a escrever).

Baseando-me no que já escrevi e no que ouço, posso recomendar a seguinte lista a quem quer escrever ou ler um determinado gênero literário:

  • Aventura: Uma boa pedida talvez seja Shaman, Angra, Powerwolf, Opeth, Moonspell, Myrath e bandas que puxem ao Progressive, Power, Black ou Alternative. Linkin Park é uma boa também. Se a aventura for mais sombria, ouça Vader, se tiver coragem, ou  Amon Amarth!
  • Romance: Duran Duran, Scorpions, U2, algumas de Bob Dylan, duas ou três de Shaman ou Angra, de Linkin Park ou a banda Huaska, que já comentei numa postagem, são boas pedidas.
  • Suspense: Espere qualquer banda com temática sinfônica ou melódica. Tente Moonspell.
  • Ficção Científica: Bem, experimente Rammstein, Linkin Park, algo no estilo do Industrial Metal, por exemplo. Músicas com temáticas sociais, como é o caso do System of a Down.
  • Horror: Sem exceção, ouça Gothic, Power, Progressive, Black ou qualquer banda com temática sombria. Moonspell, Vader, Powerwolf, Opeth, AC/DC, Black Sabath, Marilyn MansonDesolate Ways... Se mencionar o Capeta ou soar muito satânico, pode ouvir! Ou não, vai depender do nível de horror da história... 
  • Fantasia: Uma ampla variedade aqui, pois é uma vertente quase infinita de possibilidades. Ouça tudo o que já citei acima, dependendo da temática, da trama... 


Bem, é mais ou menos isso... Com o tempo vou postando algumas bandas preferenciais.
Espero que tenham gostado...
Se não gostou, ouve Restart que passa...

Nenhum comentário: