quinta-feira, 5 de maio de 2011

Pense!

Na vida sabemos que há momentos que dificilmente saberemos o motivo pelo qual determinadas coisas acontecem. É uma dúvida que jamais será tirada, pense; entretanto não julgue antes de conhecer a real história.
Você se perguntará, às vezes até mesmo dirá que não há sentido algum e ainda assim pensará e não obterás resposta alguma simplesmente porque não há resposta.
Procure entender, os fatos é o que valem e não as hipóteses, mas lembre-se que é necessário ter hipóteses para chegar há um fato.
outra vez, você ainda não entende e ainda assim continuará pensando por quê?
Não adianta, julgue como quiser, pense o que for, entretanto não saberás até que acredite em uma única coisa e esta mais de que todas não lhe ajudará em nada...
Não se apavore, nem se irrite apenas olhe para dentro de se mesmo e reflita...
Muitos se perguntarão por que? Outros ainda dirão qual o motivo, e ainda o que isto quer dizer?Quer saber? Bom não posso falar, cessam as palavras, o silêncio permanece, o fato continua o mesmo. Não julgue sem conhecer.

4 comentários:

Drisph disse...

Olá, bom dia!
Que maravilha, um texto filosofal... Adoro filosofia contemporânea e clássica. Acredito também, que o autoconhecimento é a resposta e a origem de todas as coisas. Escrevi um livro neste contexto, chama-se O VOO DA ESTIRPE, e será lançado em setembro pela Editora Baraúna.
Fico feliz em receber sua visita, espero que siga o meu blog e que aprofundamos laços e trocas de conhecimento. Estou seguindo o seu e passarei mais vezes, pois este, é um canto que aprecio visitar e me aventurar com asas de bandeirantes.
Um forte abraço!
Adriana

Alec Silva disse...

Isaac!
Olha o meu poeta e escritor machadista preferido!
Gostei do texto, cara!
Continue nos transmitindo palavras tão boas assim sempre que se achar a vontade, ok?


Abraços.

Isaac Guedes disse...

Obrigado meu caro amigo Alec, pode ter certeza que escreverei, porque na verdade isso é o que faço de melhor, embora muitos possam não achar.

Alec Silva disse...

Nem sempre somos bem vistos por todos, mas Deus sempre nos olha com amor, meu amigo!

Abraços.